Brasil facilita entrada de executivos chineses

O Brasil deu um passo importante para fortalecer as relações com a China, facilitando a entrada de executivos chineses no país. A partir de junho de 2024, portadores de passaporte de relações públicas (Public Affairs Passport) da China estão isentos de visto para estadias de até 30 dias no Brasil.

Essa nova regra, que consta no Quadro Geral de Visto do Itamaraty, foi implementada em decorrência de um memorando de entendimento assinado entre Brasil e China em 06 de junho de 2024, com o objetivo de facilitar as relações entre os dois países.

Quem se beneficia da nova regra?

A isenção de visto se aplica a portadores de passaporte de relações públicas, que são emitidos para cidadãos chineses com cargos importantes no governo ou em empresas com participação estatal.

Esses passaportes, geralmente utilizados por executivos de alto nível, possuem a inscrição “Public Affairs Passport” acima da foto, diferenciando-os dos passaportes comuns que possuem apenas a inscrição “Passport”.

O que muda para o Brasil?

A nova regra facilita a entrada de executivos chineses no Brasil, incentivando investimentos, relações comerciais e o intercâmbio cultural entre os dois países. Essa medida também demonstra a abertura do Brasil para o mundo, simplificando o processo de entrada para visitantes estrangeiros.

Atenção!

A isenção de visto para portadores de passaporte de relações públicas chinesas é válida por até 30 dias. Para estadias superiores, é necessário solicitar o visto regular.

Imagem: Pexels

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

I accept the Terms and Conditions and the Privacy Policy

Fale com um
Especialista em Global Mobility